Descubras os benefícios de massagear cada área do corpo de seu cão de estimação

Quem tem um cão e o ama sabe que ele sempre deve ser bem-tratado e bem assistido quando necessário.

De acordo com Heal Animal Massage Therapy, junto de visitas regulares ao veterinário a massagem é uma terapia proativa que trata questões de saúde de seu animal de estimação.

Existem muitos pontos específicos do corpo de seu filhote a receberem massagem com o objetivo de beneficiarem-no.

A lista abaixo conta com 9.

Confira:

 

Quem tem um cão e o ama sabe que ele sempre deve ser bem-tratado. Lista traz 9 pontos específicos a serem massageados para beneficiarem seu bichinho. Foto: Maya Borenstein for LittleThings

1. Orelhas: combate o stress e a ansiedade.

Foto: Maya Borenstein for LittleThings

2. Cabeça (na região mostrada): benefícios ao sistema nervoso e saúde estomacal.

Foto: Maya Borenstein for LittleThings

3. Dorso: inquietação e hiperatividade.

Foto: Maya Borenstein for LittleThings

4. Barriga: problemas digestivos.

Foto: Maya Borenstein for LittleThings

5. Patas dianteiras na dobra do “cotovelo”: o ajuda a lidar com infecções e alergias.

Foto: Maya Borenstein for LittleThings

6. Peito: saúde global do coração.

Foto: Maya Borenstein for LittleThings

7. Patas: proporcionar conforto e construir confiança entre o dono e o animal.

Foto: Maya Borenstein for LittleThings

8. Patas traseiras: Flexibilidade e amplitude de movimento: aumenta a flexibilidade geral e melhora a sua amplitude do movimento do animal.

Foto: Maya Borenstein for LittleThings

9. Corpo inteiro: aliviar a tensão muscular e ajudar no realinhamento da coluna e do corpo, além de ajudar na circulação, contribuindo, assim, para liberara toxinas das articulações e dos músculos. Ela também aumenta a energia, a concentração e a atenção, a função do sistema imunológico, promove a longevidade, e retarda os processos degenerativos.

Foto: Maya Borenstein for LittleThings

Vê Também

Cães acordam bebé de 15 meses para irem brincar durante a noite

Os pais de Chloe, uma menina de 15 meses, ficaram perplexos com a forma como …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *