HOJE é o Dia Internacional do Animal Abandonado!

HOJE é o Dia Internacional do A(migo)nimal Abandonado!

 

Não é uma celebração muito menos um dia de festa!

Obviamente que não é celebrado mas sim LEMBRADO  a todos aqueles que os abandonam, os maltratam e os sacrificam, que existem pessoas de grande coração no mundo que os amam, lhes dão carinho, os acolhem, dão casa, comida e tudo ao que têm direito! Tratam como um verdadeiro amigo, um filho, um companheiro! Os animais não são brinquedos para ser usados e descartados, são seres que merecem o mundo, têm direitos, estão sempre do nosso lado e nunca nos abandonam! Não pedem nada em troca e ainda nos dão momentos de alegria, porquê abandoná-los?!

Um animal é a melhor companhia que podemos ter e confiar! Se quer alguém em quem confiar e amar, adote um animal e será a pessoa mais feliz do mundo!

 

Animal Abandonado

 

O Dia Internacional do Animal Abandonado observa-se a 15 de agosto em 2015.

Este dia, lembrado todos os anos ao terceiro sábado de agosto desde 1992, tem o objetivo de promover a adoção de animais abandonados e de educar as pessoas para não abandonar os animais e para os benefícios de tratar devidamente os animais domésticos. Adotar, cuidar e esterilizar são os conceitos divulgados neste dia que ajudam a combater o não abandono dos animais na rua!

Todos os dias são abandonados animais à sua sorte nas ruas, estando dependentes da bondade de estranhos ou de instituições de abrigo aos animais para sobreviverem. Em Portugal são abandonados cerca de 10 mil animais por ano, havendo mais de meio milhão de animais sem dono no país.

Neste dia realizam-se eventos como a promoção da adoção de animais nos centros das cidades portuguesas. Centenas de animais abandonados são transportados pelos canis e associações para locais públicos no intuito das pessoas se apaixonarem por um animal e o levarem para casa.

As vantagens de adotar um animal são várias:

  • ganhar um novo membro na família;
  • ter um amigo incomparável para a vida;
  • ter um animal já tratado, esterilizado e vacinado;
  • ter um novo alarme para a casa ou aparelho terapêutico anti stress;
  • ter um animal já educado, treinado e de personalidade forte;
  • ter um animal experiente, resistente e para sempre agradecido ao novo dono;
  • contribuir para a diminuição do abandono animal e do número de atropelamentos nas estradas.

 

Direitos dos animais!

1 – Todos os animais têm o mesmo direito à vida.

2 – Todos os animais têm direito ao respeito e à proteção do homem.

3 – Nenhum animal deve ser maltratado.

4 – Todos os animais selvagens têm o direito de viver livres no seu habitat.

5 – O animal que o homem escolher para companheiro não deve ser nunca ser abandonado.

6 – Nenhum animal deve ser usado em experiências que lhe causem dor.

7 – Todo ato que põe em risco a vida de um animal é um crime contra a vida.

8 – A poluição e a destruição do meio ambiente são considerados crimescontra os animais.

9 – Os diretos dos animais devem ser defendidos por lei.

10 – O homem deve ser educado desde a infância para observar, respeitar e compreender os animais.

 

Adotar um animal é um ato de amor e responsabilidade!

 

Busque um amigo e não um brinquedo de raça!

 

Animal Abandonado

 

Creio que a primeira pergunta que vem à cabeça daquele que pretende ter um animal de estimação seja “Por que devo ter um?” Bem, respostas não faltam e a imensa maioria delas favorece essa aquisição. A gente tende a pensar no que o animal pode nos favorecer. Até pesam fatores que contem contra (como a sujeira e as despesas) e algumas vezes nos esquecemos de alguns que são também muito importantes como o tempo de vida daquele animal e ás vezes em que ele será um inconveniente para viagens e o cumprimento de alguns compromissos.

O animal bem educado será sua companhia nas horas solitárias em seu lar, pode ser um parceiro para suas caminhadas e momentos de exercício ao ar livre, talvez ajude na guarda de sua casa, pode até ser um despertador persistente para quem tem o sono pesado e uma vida bastante regular em termos de horários e, sem nenhum esforço, se tornará insubstituível em seu coração em pouquíssimo tempo.
Ele irá precisar de tempo para alimentá-lo, para cuidar da limpeza de seu próprio espaço, exigirá que você exercite a sua paciência para ensiná-lo e, se quiser uma experiência ainda mais vivaz, você a terá ao explorar as literaturas disponíveis no mercado para adestramento e melhor conhecimento da espécie.  Lembre-se que ele viverá entre oito e quatorze anos, podendo passar disso e se antecipar na partida um pouco… infelizmente. Não se engane, a partida dele será dolorosa pra você. Se não quiser vivê-la, não inicie essa experiência.
Ao se decidir por ter um cão, abandone o seu preconceito, peça ajuda a um conhecedor do comportamento animal e visite três ou quatro canis e gatis em busca de um amigo… busque um amigo e não um brinquedo de raça! Permita-se ser desejado por um animal. Não se sinta o centro do mundo, buscando na internet entre milhares de canis ou gatis, um que lhe chame a atenção. Mostre-se melhor e busque entre milhares de corações quase indecifráveis e carentes qual será aquele que você se permitirá não esquecer nunca!

 

Triste realidade dos animais abandonados em canis!

 

Será que este vídeo não tocou seu coração?

Abandonar um cão é matá-lo lentamente.

 

 

Anjos caninos
“Existem pessoas que não gostam de cães, estas, com certeza, nunca tiveram em sua vida um amigo de quatro patas. Ou, se tiveram, nunca olharam dentro daqueles olhos para perceber quem estava ali.
Um cão é um anjo que vem ao mundo ensinar amor.
Quem mais pode dar amor incondicional, amizade sem pedir nada em troca, afeição sem esperar retorno, proteção sem ganhar nada, fidelidade vinte e quatro horas por dia?
Ah, não me venham com essa de que os pais fazem isso, porque os pais são humanos e quando os agredimos eles ficam irritados e se afastam…
Um cão não se afasta mesmo quando você o agride, ele retorna cabisbaixo pedindo desculpas por algo que talvez não fez, lambendo suas mãos a suplicar perdão.
Alguns anjos não possuem asas, possuem quatro patas, um corpo peludo, nariz de bolinha, orelhas de atenção, olhar de aflição e carência.
Apesar dessa aparência, são tão anjos quanto os outros (aqueles com asas) e se dedicam aos seus humanos tanto quanto.
Qualquer anjo costuma dedicar-se.  Às vezes um humano veste a capa de anjo e sai pelas ruas a catar alguns anjos abandonados à própria sorte, e lhes cura as feridas, alimenta, abriga só para ter a sensação de haver ajudado um anjo…
Deus quando nos fez humanos sabia que precisaríamos de guardiões materiais que nos tirasse do corpo as aflições dos sentidos, e nos permitissem sobreviver a cada dia com quase nada.
Além do olhar e da lambida de um cão… Que bom seria se todos os humanos pudessem ver a humanidade perfeita de um cão! “
Autor Desconhecido

 

Cachorro conversa a distância com sua tutora por telefone ! Ainda há dúvidas? Eles são especiais!

 

 

 

11855792_717145245056950_6954864009849795051_n

 

PALAVRAS PARA QUÊ?????? NÃO ABANDONE!!!!

 

 

c3385088ce343cf498c16ea59bc57867

Vê Também

Cães acordam bebé de 15 meses para irem brincar durante a noite

Os pais de Chloe, uma menina de 15 meses, ficaram perplexos com a forma como …

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *