13 cirurgias depois, a criança de Sintra perdeu a perna esquerda – e a outra está em risco!

A luta da pequena Miriam Aleixo, e da sua família, para lhe salvar a perna, tem comovido e mobilizado os portugueses. Ontem, a pequena guerreira foi submetida à 13ª cirurgia para tentar salvar a perna. Não correu bem, e foi amputada.

Era a última oportunidade para salvar uma das pernas da menina do Cacém (Sintra), que nasceu com espinha bífida e pé boto. A mãe, Conceição Marques, mudou de hospital recentemente e encontrou no Instituto Paley a última oportunidade para a filha.

A luta desta família, através das redes sociais, e com a ajuda de muita gente, conseguiu angariar milhares de euros para suportar os custos das operações, e das viagens.

Hoje, a pior notícia chegou via Facebook:

“Queridos amigos e com tristeza e sem forças e com uma dor enorme no meu coração. Amigos, a Nossa Miriam teve que ser amputada , o Dr Paley tentou salvar a perna da Miriam , mas infelizmente não conseguiu, a Cirurgia que o Dr Michael Fez no hospital Miami Childeres foi tão grave que foi irreversível, O Dr Paley teve que tratar da perna boa pois também já estava com problemas graves já não esticava , pedimos que nos ajudem a dar continuidade aos tratamentos da Miriam , pois ela vai continuar a recuperar da a perna e fazer fisioterapia e por a prótese, por favor amiguinhos ajudem a ajudar a nossa guerreira Miriam pois infelizmente temos que pagar a cirurgia e os tratamentos e tentar tratar da prótese e da outra perna para que ela tenha um pouco de qualidade de vida…”

Vê Também

Inês Herédia e Gabriela Sobral vão ser mães de gémeos…

A actriz Inês Herédia vai ser mãe pela primeira vez, e fez o anúncio da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *