Ambulância perde homem a caminho do hospital. Condutor acusou positivo para drogas

Um desentendimento em Benidorm, Espanha, terminou da maneira mais surreal. Depois de uma briga entre quatro turistas britânicos, um deles acabou por ter que receber assistência médica, e a Polícia Nacional chamou uma ambulância para o transportar até ao hospital.

Mas o homem não chegou ao centro de saúde para onde foi depois transferido, porque a ambulância o “perdeu” pelo caminho. Os dois socorristas acusaram positivo num teste de drogas que foi feito posteriormente.

O caso aconteceu na madrugada de terça-feira, segundo o jornal Alicante Información, citado pelo La Vanguardia, quando, após uma briga entre turistas britânicos, um deles recebeu assistência médica no Hospital Municipal de Vila Joiosa.

A Polícia Nacional ordenou depois a sua transferência para o centro de saúde, mas mais tarde, quando contactaram o hospital para pedir informações para o depoimento, descobrem que o homem nunca lá chegou.

O homem foi localizado pela polícia inconsciente numa valeta. Os dois socorristas responsáveis ​​pela transferência explicaram que o homem tinha acordado a meio caminho do hospital, e que se tinha tornado “violento” com um deles e que, quando a ambulância parou para o condutor ajudar o companheiro, o homem escapou.

A polícia localizou o britânico a menos de 500 metros do hospital “inconsciente e deitado na valeta”.

Quando solicitaram a ambulância para a transferência do hospital, o staff médico detectou uma atitude estranha nos socorristas e informaram a Guardia Civil, que realizou um controle de drogas que testou positivo “pelo menos para cocaína e canabis”, relata o jornal.

Os funcionários da ambulância foram detidos e acusados ​​de omitir auxílio, e também podem ser punidos por conduzir sob a influência de drogas.

Vê Também

Cristiano Ronaldo abre restaurante no Brasil. Com um nome bem peculiar !!

Cristiano Ronaldo decidiu abrir o seu primeiro restaurante, e escolheu a cidade brasileira de Gramado, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *