Depois do casamento foi para as grades!

Depois do casamento foi para as grades!

Procurado por 11 anos é preso após usar certidão falsa e casar com a mulher.

Procurado desde 2004 por roubo, receptação, porte ilegal de arma e até tentativa de homicídio contra o próprio irmão, o impressor Wilson Antunes Garcia, 48, acabou preso em São Paulo após falsificar o documento de identidade e se casar com a própria mulher.

Considerado um especialista em roubo de carros, Garcia estava na lista dos mais procurados do Estado havia 11 anos, com mais de um dezena de mandados de prisão. O impressor foi detido durante uma ação do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) na região da Vila Rica, zona leste da capital paulista, na manhã desta quinta-feira (16).

Os policiais conseguiram chegar até ele após investigar pessoas que conviviam com o impressor. Quando localizaram a supostamente ex-mulher do procurado, perceberam que o atual marido era fisicamente idêntico ao foragido.

O casal simulou um novo casamento“, afirmou o delegado Mario Palumbo, do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra).

Segundo a Polícia Civil, a manobra do foragido só foi possível porque Garcia passou a se chamar Clóvis Dantas Algavre.

A estratégia foi, usando uma certidão de nascimento falsa do Estado do Paraná, conseguiu um RG verdadeiro em São Paulo“, explicou o delegado Jair Ortiz, titular da 3ª Delegacia de Investigações sobre Desmanches Ilegais (Divecar).

Além das passagens com o nome verdadeiro, a polícia declarou que o suspeito também apresenta prisão com a identidade falsa. Agora, ele vai responder inquérito por falsidade documental, uso de documento falso e falsa identidade.

Vê Também

Jovens tailandeses fazem homenagem ao mergulhador que morreu no resgate

As 12 crianças e o treinador presos na gruta de Tham Luang, na Tailândia, durante …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *