Mãe acreditava que a bebé tinha ficado no incêndio, mas o cão sacrificou-se para a salvar [vídeo]

Em agosto de 2016, Erika Poremski estava em casa, em Baltimore. nos Estados Unidos, com sua filha Viviana, de oito meses, e o seu cão, chamado Polo, quando uma tempestade fez cair vários relâmpagos, ficando pouco depois sem eletricidade.

Erika acendeu algumas velas no escuro, e tentou telefonar, mas a bateria estava descarregada. Ela foi depois até ao carro que estava na rua para carregar o telefone.

Apenas alguns momentos depois o pesadelo começou. No momento em que Erika olhou para a casa de dentro do carro, ela foi teve uma visão horrível: a casa estava em chamas, com Viviana e Polo presos lá dentro.

O fumo era tão espesso que Erika não conseguiu passar pela escada no andar de baixo. A pele da mão derreteu quando ela agarrou o corrimão, mas ela estava determinada a salvar Viviana, que mal notou os ferimentos.

Por essa altura, os vizinhos também se reuniram para tentar ajudar, mas ninguém conseguiu chegar ao andar de cima para alcançar a menina, como conta o Little Things.

Os bombeiros chegaram ao local e entraram em casa. Erika ficou do lado de fora, em estado de choque e pânico, temendo que fosse tarde demais e que Viviana não conseguisse sobreviver.

Depois de alguns minutos terríveis, a equipe de bombeiros surgiu das chamas com a bebé de oito meses nos braços. Milagrosamente, Viviana ainda estava viva.

Foi então que os bombeiros revelaram a Erika o que o seu amado cão, Polo, tinha feito quando as chamas engoliram a casa.

Segundo o relato dos bombeiros, o cão colocou-se em cima da criança, para a proteger do fumo e das chamas, e conseguiu assim salvar a menina, mas acabou por não resistir.

Confere a reportagem da TV Local:

Vê Também

Video: Milhares de adeptos recebem Ronaldo para os exames médicos!

Milhares de adeptos da Juventus esperavam hoje por Cristiano Ronaldo à porta do “J Medical”, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *