Mãe de Gabriel agradeceu emocionada: “A bruxa má já não existe…”

A mãe de Gabriel Cruz fez uma curta declaração aos jornalistas à saída da Catedral de La Encarnación, em Almería, onde se realizou a cerimónia fúnebre do menino de oito anos, onde agradeceu, emocionada, todo o apoio que recebeu.

A mãe agradeceu todas as mostras de apoio, recebidas pessoalmente, e através da internet, até mesmo detalhando uma delas:

“Ontem recebi um conto, que não sei quem escreveu, mas que dizia que, na verdade, não tínhamos perdido, e que o meu filho ganhou, porque a bruxa má da história tinha desaparecido. O meu menino ganhou. Sabemos que ele está no céu, a brincar com os seus peixinhos”.

O pai, Ángel Cruz, também agradeceu o apoio, enquanto se ouviam desejos de “força” neste momento trágico.

O funeral de Gabriel Cruz, o menino de 8 anos que desapareceu em Níjar (Almeria), no dia 27 de fevereiro, e cujo corpo foi encontrado no domingo, no carro da madrasta, já detida, começou na catedral de Almeria, com milhares de pessoas a acompanhar a família no último adeus.

Os coros e as palmas foram repetidos uma e outra vez exclamando “todos com Gabriel” à chegada dos pais, Angel Cruz e Patricia Ramírez.

A principal suspeita do crime, Ana Julia Quezada, de 44 anos, nasceu na República Dominicana, e viveu em Burgos desde 1995, com duas filhas menores, tendo uma delas morrido acidentalmente em 1996.

Vê Também

Jovens tailandeses fazem homenagem ao mergulhador que morreu no resgate

As 12 crianças e o treinador presos na gruta de Tham Luang, na Tailândia, durante …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *