Mata a mulher por causa de 10 euros

Após terem discutido por causa de 10 euros, a mulher acabou por morrer

Menor agarrou o pai para tentar salvar a mãe.

Ao perceber que o pai estava a esfaquear a mãe, na casa em que viviam, em Fânzeres, Gondomar, o rapaz de 16 anos não hesitou. Agarrou o pai pelos braços, fazendo com que a progenitora se conseguisse libertar e fugisse para as escadas do prédio. Porém, devido às 19 facadas que tinha sofrido por todo o corpo, após terem discutido por causa de 10 euros, a mulher acabou por morrer. O julgamento de José Sousa, 45 anos, deveria começar hoje no Tribunal de S. João Novo, no Porto, mas a data foi alterada, uma vez que a defesa pediu a a realização de um exame pericial. A nova data foi marcada para novembro. O caso remonta à noite de 8 de novembro de 2014. Depois de ter estado no café, José Sousa dirigiu-se para casa. Estava alcoolizado e discutiu com a mulher, Sónia Sousa, de 39 anos, que lhe tinha pedido 10 euros para fazer compras no supermercado. Irritado, e sem que nada o fizesse prever, o homem foi buscar uma faca de cozinha e atacou a companheira com golpes na cabeça, costas e peito. As facadas foram presenciadas pelo filho mais velho, que ainda tentou salvar a mãe, assim como pelo outro filho, de quatro anos – que estava a ser adormecido pela vítima no momento do crime. José Sousa responde por homicídio qualificado e está preso na cadeia de Custóias.

Fonte: CM

Vê Também

Jovens tailandeses fazem homenagem ao mergulhador que morreu no resgate

As 12 crianças e o treinador presos na gruta de Tham Luang, na Tailândia, durante …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *