Menino de 9 anos mata irmã de 13 por causa de um vídeojogo

Um menino de apenas 9 anos de idade disparou sobre a sua irmã, de 13 anos, no Mississippi, no sábado à tarde, quando ela se recusou a entregar um controlador de videojogos, disseram as autoridades.

A vítima, Dijonae White, foi baleada na parte de trás da cabeça, por uma arma de calibre 25, confirmou o xerife do condado de Monroe, Cecil Cantrell, de acordo com a WLOV-TV.

Cantrell, que disse que nunca viu um caso como este, e confirmou que a menina morreu de feridos depois de ser levada para o Hospital Infantil de Le Bonheur em Memphis.

“Ele só tem nove anos. Calculo que ele tenha visto isto na televisão, ou mesmo nos jogos. Não sei se ele saberia exatamente as consequências que teria. Não vos sei dizer. O que eu sei é que é uma tragédia…”, revelou Cecil Cantrell.

O irmão queria o controlador de videojogo na sua posse, e pegou numa arma quando ela recusou, disse a polícia. A mãe das crianças estava noutra divisão a dar o almoço a outras crianças no momento do incidente.

O xerife acrescentou que as circunstâncias do tiroteio ainda estão a ser investigadas, e que não tem certezas sobre as consequências que o menino enfrentará perante a justiça.

Vê Também

Turista aceita boleia e é roubada e violada nos Açores!

Uma turista austríaca de 68 anos, de férias nos Açores, foi sequestrada, roubada e violada …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *