Valorize o que tem,antes que a vida te ensine a valorizar o que tinha.

Valorize o que tem,antes que a vida te ensine a valorizar o que tinha…

 

Quantas vezes isto acontece? Sem nos apercebermos, sem darmos conta que magoamos quem mais amamos? Que valorizamos e não somos valorizados?
A vida ensina que o tempo é curto, que o amanhã é um ponto de interrogação. A vida ensina a valorizar aquilo que um dia devíamos ter valorizado e que hoje foi tarde de mais porque pensamos sempre que temos tempo. Achamos que temos a solução para tudo mas nunca temos a atitude certa para fazê-lo. Não existem momentos certos, todo o momento é certo para agir, basta querer. Muitas vezes procuramos a felicidade e quando damos conta, a felicidade está mesmo ao nosso lado e sem querer a deixamos escapar por orgulho. O grande problema das pessoas é pensar demais e fazer menos. Nem sempre o correcto está naquilo que pensamos, mas sim na nossa intuição que por vezes escapa por pensarmos que não vai dar certo: -“E se?“… Quantas vezes estas duas palavrinhas já pairaram na vossa cabeça e originaram grandes pensamentos? Devemos sempre nos arrepender de tentar e falhar do que não tentar e ficarmos a pensar que podia ter dado certo. O ser humano é um animal complicado de entender mas que não deve ser entendido. As desculpas que aplicamos muitas vezes para adiar sonhos ou objectivos, não é nada mais nada menos do que medo de falhar, quando é para acontecer não vale a pena tentar fugir.  A felicidade não é procurada, é criada por nós! Amem e valorizem o que têm ao vosso lado, abram os olhos para aquilo que está mesmo na vossa frente! Pior do que não ser amado, é ser desprezado e desvalorizado! Valorize o que tem, antes que a vida te ensine a valorizar o que tinha e seja tarde demais.

 

 

Vê Também

Dia Mundial do Trânsito e da Cortesia ao Volante

O Dia Mundial do Trânsito e da Cortesia ao Volante celebra-se anualmente a 5 de …

2 Comentários

  1. Mena Silva

    Sempre valorizei tudo o que tenho e sempre soube destinguir valores e qualidades!
    Contudo…
    E mesmo contrárianente aos meus princípios…
    Suportei…
    Suporto e suportarei certos preconceitos acidentais os quais ignoro, pois felizmente não faço parte dessa classe e insisto em guardar a minha!
    Para bom entendedor…
    Mesmo para a visitadora da minha página,fica a dica!
    Ahahahaha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *