jeunes Thaïs rendent hommage au plongeur qui est mort dans le sauvetage

Le 12 les enfants et l'entraîneur des détenus à Tham Luang grotte, en Thaïlande, au cours de 18 dias ainda se mantêm no hospital de Chiang Rai, e só no passado sábado tiveram conhecimento da morte do mergulhador que aconteceu durante as operações de resgate.

Decidiram, donc, prestar-lhe uma pequena homenagem, de acordo com a Sky News e o Bangkok Post.

Os médicos não tinham dado ainda autorização para que os jovens tivessem conhecimento da morte de Saman Kunan.

Havia o receio, por parte das equipas médicas, de que os resgatados não tivessem preparados a nível psicológico para receber uma notícia com tanto impacto.

Todos os jovens ficaram abalados com a notícia e, garante o ministro tailandês que, “todos choraram e expressaram as suas condolências ao escrever mensagens num retrato do Tenente Comandante Saman e fizeram um minuto de silêncio por ele”.

“Agradeceram-lhe e prometeram ser bons rapazes”, ajouté.

 

Este artigo foi publicado originalmente no Correio da Manhã

Voir aussi

Le “réponse” Judith de Sousa “critiques”… “ja sont 38 années de journalisme”

Judite Sousa esteve na Tailândia a fazer a cobertura do resgate das 12 Enfants, et …

Laisser une réponse

Votre adresse email ne sera pas publié. Les champs obligatoires sont marqués *