Mãe de 3 filhos deu à luz 6 gémeos e as fotografias estão a derreter todo o mundo!

Em apenas quatro minutos, Courtney e Eric Waldrop, de 35 anos, tornaram-se pais de nove crianças, depois de terem dado à luz três rapazes, e três raparigas, para se juntarem aos manos mais velhos.

Os namorados de liceu sempre disseram que queriam constituir uma família grande, mas nunca imaginaram o quão grande seria e não deixaram de ficar surpreendidos quando o médico lhes deu a notícia de que estavam seis bebes no útero de Courtney!

Depois do choque, veio o medo das prováveis complicações que traz uma gravidez de seis bebes!

De acordo com as redes sociais dos amigos e da família do casal, os seis bebes saíram todos a chorar e encontram-se saudáveis. Este é um alívio para o casal do Alabama cujo primeiro filho nasceu em 2008 e cujo passado traz consigo histórias tristes de abortos. Depois de alguns abortos de que sofreram, o casal decidiu tentar tratamentos de fertilidade. Desses tratamentos resultaram os gémeos rapazes, Wale e Bridge, hoje com 5 anos.

Depois do aborto do seu quarto filho, o médico colocou-os num nível mais baixo de tratamento de fertilidade, de forma a reduzir as probabilidades de terem gémeos múltiplos no futuro. Contudo, os seis gémeos, acabaram por nascer dessa forma…

Durante uma ecografia em junho, os técnicos ouviram o bater de seis pequenos corações… Este foi um motivo de celebração e de medo, ao mesmo tempo, uma vez que, por serem seis, havia fortes probabilidades de nascerem de parto prematuro.

As mães com gémeos múltiplos têm mais probabilidades de fazerem uma cesariana antecipada e há uma maior probabilidade de ataque cardíaco, pressão sanguínea alta, diabetes gestacional e infeções urinárias.
Por tudo isto, os médicos falaram ao casal na hipótese de aborto seletivo, um procedimento que melhor significativamente a hipótese de sobrevivência dos fetos que permanecerem no útero.

Mas os pais recusaram e deixaram-se guiar pela fé…

Courteny referiu, entretanto, que a família, apesar de assustada, estava confiante de que tudo iria correr bem e feliz por ver a família crescer… Tanto!

De acordo com um estudo de 2013, as probabilidades das gravidezes de gémeos múltiplos causados por tratamentos de fertilidade por hormonas injetáveis, aumentaram de 36% para 41% de 1998 para 2011.
Por outro lado, o nascimento de gravidezes de gémeos múltiplos fruto de tratamentos de fertilização in vitro desceu de 48% para 32%.

Parecia impossível manter a gravidez até às 40 semanas, portanto o objetivo do casal fixava-se pelas 30.
Às 25 semanas, Courtney teve de ficar deitada numa cama, durante sete dias, para descansar e para que os seus bebes pudessem crescer de forma saudável.

Mas, na semana passada, o casal anunciou que tinha alcançado o seu objetivo: as 30 semanas!

Apesar de ser ainda cedo para se saber se no futuro terão algum tipo de complicações, os bebes terão menos probabilidade de sofrerem de problemas como paralisia cerebral, dificuldades respiratórias e desenvolvimentos cognitivos.

Os gémeos nasceram ontem, entre as 13h48 e as 13h52. De acordo com a família, estão todos bem!

Layke Bryars, Blu Wellington e Tag Bricker são os nomes dos rapazes. Rivers McCall, Rayne McCoy e Rawlings McClaine são os das meninas.

Confere as fotografias:

Vê Também

Bebé diz primeira palavra depois de ouvir Cristina Ferreira gritar “a resposta está CERTA”! Confira o vídeo partilhado pela apresentadora!

Cristina Ferreira voltou a responder, de forma brilhante, a quem a critica pelo “tom alto” …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *