Mulher desenvolve ”super QI” depois de ter ingerido esperma todos os dias durante um ano

Alicia Franklin de 26 anos, estudante da UCLA, já era membro da sociedade de Mensa, depois de marcar 154 em seu teste de qualificação, em Setembro de 2015. A jovem procurou maneiras de melhorar a sua inteligência, e depois de tomar um novo teste há três semanas, parece que ela conseguiu.
Ela supostamente aumentou seu QI em mais de 65 pontos em 13 meses, após começar a ingerir uma dose diária de esperma fresco. Os seus novos resultados mostram que sua inteligência cognitiva, sua percepção e a sua memória melhoraram consideravelmente.
“Eu fiz muitas pesquisas sobre maneiras de melhorar a minha inteligência, e descobri que beber esperma foi provavelmente a mais simples e eficiente de todas”, disse ao Ciência Hoje. “Há muitos nutrientes e elementos químicos no esperam que são extremamente importantes para o desenvolvimento do cérebro.”
De acordo com Alicia, ela começou a notar os efeitos benéficos menos de duas semanas depois que começou a ingerir.
O sémen contém mais de 200 proteínas e várias vitaminas e minerais, incluindo vitamina C, cálcio, cloro, ácido cítrico, frutose, ácido láctico, magnésio, azoto, fósforo, potássio, sódio, zinco e vitamina B12.
Ele também contém compostos que melhoram o humor como o cortisol,, a oxitocina, hormonas de libertação da tirotropina, prolactina, serotonina e melatonina.

Vê Também

Conta de Trump no Twitter eliminada por funcionário no seu último dia de trabalho nesta rede social!

A conta do Twitter do presidente dos EUA, Donald Trump, @realdonaldtrump foi desativada por um …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *