Chia, a semente que turbina sua dieta

Chia, a semente que turbina sua dieta

Chia, a semente que turbina sua dieta

Além de ser riquíssima em nutrientes, a chia emagrece. Descubra o que a queridinha do momento pode fazer pela sua saúde

A Salvia hispanica, mais conhecida como chia, é uma planta que cresce na região do México e da Guatemala. Começou a ser cultivada pelos povos astecas e maias por volta de 2.600 a.C., porém suas propriedades nutricionais só foram descobertas recentemente.

Suas sementes são ricas em fibras, ômega 3, vitaminas A e do complexo B, cálcio, fósforo, magnésio, zinco, ferro, potássio e gorduras insaturadas, que preservam o sistema cardiovascular. É também uma excelente fonte de proteína vegetal: 25g de chia suprem 8% da ingestão diária recomendada.

a semente que turbina sua dieta

Benefícios da chia para a saúde

O consumo da chia oferece dezenas de benefícios. Os principais são:

– Aumenta a sensação de saciedade, reduzindo a fome entre refeições e ajudando a emagrecer;

– Diminui os níveis de colesterol no sangue e reduz a pressão arterial, evitando doenças cardiovasculares;

– Tem propriedades anti-inflamatórias;

– Ajuda no funcionamento correto do intestino;

– Reduz o armazenamento de gordura pelo organismo;

– Controla o nível de açúcar no sangue, evitando crises de hiperglicemia em diabéticos;

– Previne envelhecimento precoce;

– Fortalece os ossos;

– Melhora o sistema imunológico;

– Consumida após exercícios físicos, ajuda no ganho de massa muscular;

– Fortalece as ligações entre os neurônios e melhora o funcionamento do cérebro;

– Diminui a celulite;

– Melhora a aparência da pele e dos cabelos;

– Desintoxica o organismo.

Chia, a semente que turbina sua dieta

Como usar chia

O sabor da chia é parecido com o das nozes. A melhor forma de aproveitar todas as suas propriedades é deixar a chia de molho em água por cerca de 30 minutos antes de usar. A goma que se forma pode ser acrescentada em molhos, sopas, sucos, mingaus, pudins e até substituir os ovos em algumas receitas.

Você também pode usar as sementes secas inteiras ou moídas – ao contrário da linhaça, elas não precisam ser trituradas para liberar seus nutrientes. Use em saladas, iogurtes, salpicadas por cima de frutas, no cereal ou na granola, em smoothies, massas de pães e bolos, sobre sorvetes, misturadas ao arroz e nas leguminosas, em geleias e receitas com carne moída. Dá até para deixar as sementes brotarem e usar em saladas.

Há ainda o óleo (para ser usado em saladas) e a farinha de chia, que substitui a farinha de trigo em receitas de pães e massas.

 

Vê Também

Ninguém apareceu na festa do 9º aniversário desta menina autista. A internet respondeu assim

Já não é a primeira vez, infelizmente, que uma história deste tipo nos chega. Este …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *