Mãe solteira adota seis irmãs, para que elas não se separassem

Lacey Dunkin, uma californiana de 32 anos, abriu a sua casa, e o seu coração, para seis irmãs que necessitavam de um lar onde pudessem receber amor.

Aos 25 anos Lacey não sabia se queria ou não casar, mas tinha a certeza de que queria ser mãe.

“Se não fosse mãe, ia arrepender-me para o resto da vida”

Dois meses depois, o desejo foi atendido, e de uma forma totalmente inesperada: uma chamada de emergência procurava uma mãe adotiva, não para uma criança, mas para quatro irmãs.

“Jamais considerei separá-las. Foi o tudo ou nada para mim”.

Á revista People, Lacey contou que adotou Sophia, 9 anos, as gêmeas Natalie e Melanie, 7, Kaylee, 6, e Lea, 4, em julho de 2013.

Nos anos seguintes a família iria crescer, mas também teve que suportar a separação. A mãe biológica das meninas teve outro filho, e todas as crianças voltaram. Um mês depois, Lacey recuperou a custódia. Então, em 2013, a mãe biológica teve um sexto filho,e o futuro tornou-se incerto.

“A primeira reação das meninas foi. “Nós não queremos voltar, esta é a nossa casa”.

Lacey colocou as preocupações para trás das costas, e decidiu ficar com as seis meninas.

Toda a história neste video:

Vê Também

Vídeo mostra, de forma perfeita, por que razão as mães “acordam” cansadas

A mulher que vais ver no vídeo decidiu filmar muma noite normal lá em casa, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *