Menino de 10 anos vendeu brinquedos para pagar tratamento do cão

Um menino de 10 anos de idade, que vive em Nova Iorque, nos Estados Unidos, vendeu os seus brinquedos para tentar salvar a vida de seu amado canino.

Copper é o cão de serviço Connor Jayne, que ajuda o menino de 10 anos nos seus ataques de ansiedade e convulsões noturnas.

Assim, quando o cão começou a coxear em junho, e a família descobriu que o doberman pode ter a Doença de Wobbler, uma doença na coluna cervical, Connor entrou em ação para ajudar a pagar pelos testes e tratamentos caros que Cobber vai precisar.

Ele disse à mãe que queria vender brinquedos para ajudar, e realizou uma venda de garagem no final de junho.

“Ele foi e limpou toda a sua sala de jogos, porque era isto que ele queria”, disse Jennifer Jayne, a mãe de Connor, ao InsideEdition. “Ele é esse tipo de criança”, revelou.

A mãe disse ao pequeno que ele devia guardar alguns dos seus brinquedos, para que não ficasse sem nada. Connor também fez limonada para vender.

“Ele era o pequeno vendedor”, disse Jayne. “Ele disse que o cachorro era mais importante que qualquer brinquedo”.

A família tem Copper desde que Connor tinha seis anos de idade. O canino é o primeiro a alertar a família, ladrando, que Connor estava a ter convulsões à noite. Ele também se coloca em cima de Connor durante os ataques de ansiedade para acalmá-lo.

“Eles são os melhores amigos e estão sempre a olhar um pelo outro”, disse Jayne.

Atualmente, o cão está a ser submetido à terapia a laser para melhorar sua mobilidade.

A família também iniciou uma campanha GoFundMe para angariar dinheiro para as despesas do cão.

Vê Também

Georgina revela-se agradecida e apaixonada…

Cristiano Ronaldo regressou a casa após a eliminação no Mundial 2018, e Georgina está feliz. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *