Ser mulher sai mais caro… será?

Desde que nascem até morrerem, as mulheres andam a pagar mais pelos mesmo produtos que os homens

 

ser muler sai caro2

 

Num estudo intitulado “Do berço à bengala: O preço de ser uma consumidora,” o Departamento de Assuntos do Consumidor de Nova Iorque rastreou a discrepância de preços entre produtos idênticos destinados a consumidores do sexo feminino e do sexo masculino. E as conclusões são inequívocas: Os produtos de mulher são mais caros que os produtos de homem em dezenas de categorias, afetando o preço de tudo desde brinquedos, roupa ou bengalas.

Investigadores analisaram os preços de 800 produtos de 35 categorias e descobriram que a chamada “taxa cor-de-rosa” não se aplica apenas a champôs e lâminas – as mulheres pagam mais por quase todos os produtos durante as suas vidas, desde roupas de bebé a produtos de beleza.

Na área têxtil, a roupa de rapariga é mais cara que a roupa de rapaz (uma camisola pode custar até mais 13%), e brinquedos de menina custam até mais 11% que os de menino, quando o que varia é apenas a cor.

Mas a diferença de preço acompanha o crescimento, uma t-shirt de mulher custa mais 15% que uma t-shirt de homem, e champôs de mulher custam mais 48% que champôs de homem.

Mesmo na terceira idade, as mulheres saem a perder. Bengalas custam mais 12% e urinóis pessoais são 21% mais caros para cidadãs sénior.

O estudo descobriu que, no total, durante as suas vidas, as mulheres gastam mais 7% que os homens em produtos comparáveis.

 

ser muler sai caro3

Vê Também

Georgina revela-se agradecida e apaixonada…

Cristiano Ronaldo regressou a casa após a eliminação no Mundial 2018, e Georgina está feliz. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *