Homens héteros fazem mais sexo com outros homens do que imaginamos

O machismo, a homofobia e a ideia de que a homossexualidade é algo negativo sugerem que homens heterossexuais jamais – isso mesmo, jamais! – possam experimentar ou vivenciar o prazer ao lado de outro homem. Mas, para Jane Ward, especialista em estudos femininos da Universidade da Califórnia, o sexo entre homens heterossexuais é bastante comum.

 

4e4577993d605592b69522d3beb78edc

 

E não estamos falando de goys, de homens bissexuais ou de gays que estão no armário. Mas de homens que se definem como héteros, que já tiveram experiências homossexuais e que, pasmem, não “viraram” gays. “A concepção que a nossa sociedade tem da heterossexualidade dos homens é fora da realidade”, declarou.

Difícil de digerir? É só pensar naquela sua amiga hétero que já ficou com uma menina ou até transou com uma garota, mas que continua preferindo homens e se diz hetero. O que acontece é que a flexibilidade da sexualidade da mulher é mais aceitável que a dos homens, apesar de nem sempre positiva. “A crença de que a sexualidade da mulher é mais receptiva só reforça o mito de que as mulheres estão sempre disponíveis sexualmente”.

Autora do livro “Not Gay: Sex Between Straight White Men (Não gay, Sexo entre Dois Homens brancos e Heterossexuais), Jan diz em entrevista ao Science of Us que a heterossexualidade de homens é muito mais frágil do que se aparenta. E destaca que geralmente tais momentos, embora sejam comuns, sempre são munidos de uma justificativa – falta de mulheres em lugares como prisões ou no exército – e defende que nem sempre elas correspondem a uma realidade.

 

GAYS-EXERCITO-2

 

NA PRISÃO, NO EXÉRCITO, EM TODO LUGAR

Ela afirma que muita gente sublima tais experiências, dizendo que elas ocorreram em lugares onde faltavam mulheres disponíveis. “Mas o que falar sobre as casas de banho ou bares ou entre as gangues de motociclistas ou a outros contextos em que o sexo não dependia do lugar? E é essa uma das questões: O que acontece quando puxamos essas evidências juntos?”, diz.

Outro exemplo ocorre entre garotos de programas e até em fraternidades universitárias nos Estados Unidos, onde os jovens se permitem transar um com os outros. E a relação sexual sequer é vista como sexo, mas sim como uma brincadeira. Dizem até: “Sou tão hétero que um cara pode me masturbar sem que isso gere alguma consequência”.

Nos anos 60, era comum a prática de homens casados com mulheres fazerem sexo oral um nos outros em banheiros públicos, parques ou metrôs. Um sociólogo escreveu que, como eles eram católicos e não podiam usar preservativos, uma vez que não queriam ter mais filhos, eles foram “forçados” a buscar secretamente o sexo em banheiros com outros homens.

“A justificativa da necessidade homossexual aparece muito: homens têm de fazer isso por X ou Y razão, quando não há outra escolha. Acho que as pessoas estão realmente comprometidas com esta ideia, por isso que muitos homens não aceitam escolher uma relação homossexual como algo que esteja acontecendo com eles. É por isso que a identidade heterossexual continua intacta, quando essa lógica se aplica”.

Em outras palavras, é só prazer, experimentação, sem grilos ou problemas…

SIM, SÃO HÉTEROS

“Quero dizer que não estou de forma alguma interessada em chamar esses homens de bi ou gay. Eles são homens que são héteros e, como a média de homens héteros, já tiveram na adolescência ou em outro momento do passado experiências com outros homens. Eles saem com mulheres, se casam com mulheres e é por isso que não acho produtivo chamá-los de bissexuais, pois a própria definição é significativa e um direito”, alega.

É por esse motivo que, no Brasil, os sistemas de saúde identificam muitos homens como HSH – aquele que transa com outro homem, sem se definir como homossexual ou bissexual. E é por esses e outros motivos que a homofobia – o preconceito contra aquele que transa, sente afeto e se identifica como LGB – é um mergulho na hipocrisia e na ignorância.

 

2902c1e5cc495674cc46417f9d86382b

Vê Também

Sabe o que é micro-traição? Veja quais os 16 sinais de infidelidade online!

Martin Graff, psicólogo da Universidade de South Wales, criou um conceito que pode vir a …

28 Comentários

  1. So se for os que tu conheces claro, um hétero não pode nem deve ser confundido com um Bi ou outa aberração qualquer Hétero ja diz tudo ou se é ou não se é se não se for é-se outras coisa qualquer anormal

  2. se pessoas do mesmo sexo,fazem sexo entre elas,deixam de ser heterossexuais e passam a ser homossexuais….é como a velha máxima de Lili Caneças: “o contrário de estar vivo,é estar morto!”

  3. Lixo ,nojentos idiótas, borros ,porcos,

  4. Homem de kel tipo la e pa mata ca tem nada k fase na mundo

  5. conversa de merda quem faz uma vez na vida com alguem mesmo sexo nunca mais volta a se hetero e passa a bi ou homo

  6. Publicação estúpida essa é quem escreveu não sabe o que escreveu tão logo é um contra sensu. Se faz sexo com outro homem é porque é Bisexual ou homossexual e não heterossexual

  7. Aqui podemos ver claramente uma imagem onde se analisarmos com cuidado e profundidade, pode-se ver que a partir de vários pontos de diferença e comparação, pode ser alcançado com a idéia central que afasta o argumento principal, a partir do qual podemos concluir que esse meu comentário não tem sentido nenhum. Desculpa

  8. Há poder em nome de jesus. Jesus disse :Trocaram a verdade de Deus, pela mentira e adoraram e serviram a criatura em vez do criador, que é bendito pelos séculos Amém Romano capitulo 1 verso 25

  9. Do mesmo modo também os homens deixando o uso natural da mulher, arderam em desejos uns para com otros, cometendo homem com homem Romano capitulo 1 verso 27

  10. Por isso Deus entregou as paixoes vergonhosa : as suas mulheres mudaram as relacoes naturais em relacoes contra a natureza Romano capitulo1 verso 26

  11. Alexandra Lomba, Marta Nunes, Vera Tavares estão a ver? Nunca nos enganaram😂😂😂

  12. Esses sao qualquer coisa, menos heteros

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *