Viajar com bebés e crianças pequenas

Viajar com bebés e crianças pequenas

Viajar com bebés e crianças pequenas

As férias são sempre os momentos mais esperados e mais queridos do ano, quer para adultos, quer para crianças. No entanto, não é segredo que viajar com crianças, principalmente se forem ainda pequenas, mas não pequenas o suficiente para dormirem durante todo o processo, pode ser um desafio que começa logo na escolha do destino.

Assim, aqui ficam algumas dicas que provavelmente quererá recordar enquanto estiver a planear a sua viagem.

Primeiro de tudo, tenha muita atenção ao destino que escolhe. Isto porque as crianças mais pequenas cansam-se depressa e não têm medo de expressar o quanto desgostam de um lugar, o que muito facilmente levará a momento bem desagradável para todos. Assim, evite criar programas que envolvam muitas compras ou programas nocturnos ou ainda teatros ou filmes que não sejam na sua língua, mesmo que sejam direccionados para crianças. Em vez disso, pense ao contrário: procure construir um itinerário que seja direccionado para a criança, capaz igualmente de satisfazer a pessoa adulta, como os parques temáticos ou actividades ao ar livre.

Viajar com bebés e crianças pequenas

As necessidades especiais das crianças e bebés

As crianças mais pequenas precisam de muita coisa e é natural que elas tenham uma lista muito própria (e bem extensa!) daquilo que precisam para sobreviver fora de casa. Para evitar levar peso a mais na bagagem, elabore uma lista completa do que sabe que a criança vai mesmo precisar, incluindo os seus medicamentos, e um ou dois dos seus brinquedos preferidos. Se a estadia for extensa, procure saber se há supermercados perto de onde for ficar alojado: dessa forma, evita-se ter de sobrecarregar com fraldas, toalhitas e comida, por exemplo, podendo levar apenas o necessário para a deslocação.

Viajar com bebés e crianças pequenas

Procure vestir a criança com várias camadas de roupa durante a deslocação. Isto porque, muito embora possa estar calor no exterior, é provável que o interior do transporte (carro, avião, etc.) tenha o ar condicionado ligado; ter mais do que uma peça de roupa possibilita a criança de poder ir tirando ou acrescentando consoante a sua vontade. Se viajar de carro, não se esqueça de fazer paragens frequentes para permitir que a criança descanse.

viajar com crianças 1Quando chegar o destino, se ficar alojado num hotel, certifique-se que pede uma cama extra ou um berço e, embora a maior parte dos estabelecimento hoteleiros o tenham, confirme se o quarto tem um frigorífico que possa usar à vontade para colocar a comida ou o leite, caso a criança ainda precise de qualquer deles. Tenha o cuidado de ver com o pessoal da recepção do hotel a forma como é efectuada a cobrança do mini-bar do seu quarto e procure manter-se atento à sua criança, não vá ela tirar de lá o que não seria para consumir e obrigá-lo a pagar extras que não estavam previstos no seu orçamento inicial.

Quando estiver a pensar em almoçar ou jantar fora, evite restaurantes com filas, pois as crianças acabam por ficar aborrecidas pelo tempo de espera. Procure igualmente por restaurantes que tenham um menu infantil se puder, tente saber se o restaurante providencia lápis de cor e brinquedos para manter a criança entretida enquanto espera. Se as suas crianças estiverem ainda dependentes da comida própria ou de leite, tente alimentá-los antes de ir para o restaurante de forma a permitir que o resto da família tenha uma refeição mais agradável.

A importância de estimular as crianças e os bebés

viajar com criançasMantenha a criança estimulada durante todo o processo. Antes da partida, coloque em casa um mapa-mundo onde possam assinalar, no regresso, todos os lugares onde já estiveram. Quando estiver a preparar a viagem, mostre à criança imagens do destino, as várias atracções e explique o que vão fazer. No destino, conte às crianças as histórias locais (atenção, não queremos motivos para pesadelos!) e procure dar-lhes a conhecer a comida local, caso seja possível, como forma de desenvolver não só o paladar, como o seu interesse pelo sítio no geral.

Apesar de tudo, é certo que irá deparar-se para algumas birras, brigas e barulho. Mas é importante não deixar que isso diminua os benefícios da viagem em família. Evite zangar-se. Em vez disso, peque na máquina fotográfica ou na câmara de filmar e prepara-se para fazer memórias!

Vê Também

Professora realiza ensaio sensual para comemorar seu divórcio e elevar autoestima

Todo divórcio é uma boa notícia – uma dura e dolorida boa notícia, mas ainda …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *